Arquivo

Posts Tagged ‘Ronaldo’

O Corinthians terá sérios problemas nos próximos anos

Sete milhões e oitocentos mil reais. Essa é a folha salarial do Corinthians. São 35 jogadores, ganhando em média 214 mil reais, mais do que o teto salarial do São Paulo.

O Corinthians gastou 36 milhões entre contratações, luvas e comissões pra montar o time deste ano.

Fechou um contrato de 40 milhões de reais, 28 para o Corinthians, que será (ou já foi) pulverizado em menos de 4 meses de folha. Por orgulho, perdeu a chance de lucrar o dobro do que lucrou ao não jogar no Morumbi na Libertadores. Cobrou 100 reais para o “Corinthiano, Maloqueiro e sofredor” ver os jogos do time.

Paga a Ronaldo 1,8 milhão por mês e ainda pagou 12 milhões do contrato com a Hypermarcas a ele. A conta é simples. Ronaldo está a 17 meses no Corinthians. Foram 30,6 milhões em salários, mais 12 milhões de patrocínio são 42,6 milhões. Isso quer dizer que cada gol de Ronaldo custou 2,8 milhões de reais.

Pra terminar, o time deve mais de 100 milhões de reais. Terá de se contentar em vender ou dispensar jogadores caríssimos. Ou alguém aí acha que algum maluco vai pagar o mesmo que o Corinthians pagou por Defederico que nem está jogando?
Eu não tenho a menor dúvida. O Corinthians lutará para não voltar a série B em dois anos. Este ano será de ilusões, ano que vem será o de colher o fruto maldito do centernada e em 2012 o Corinthians lutará pra não cair. A dívida do Corinthians vai dobrar esse ano. A história mostra que contratações caras as baciadas punem o clube irresponsável. Por causa do centenário, o Flamengo passou muito tempo ganhando apenas o campeonato carioca, lutando contra o rebaixamento e passou sua dívida de 5 para 200 milhões em 10 anos.

Os corinthianos e principalmente a Gaviões da Fiel vai pagar muito caro por te se vendido a Andres Sanches. Nenhum dinheiro do mundo paga o sofrimento do torcedor. E o pesadelo do rebaixamento, rondará o Parque São Jorge em breve.

Anúncios

Defederico diz que gostaria de jogar no River – Confira entrevista exclusiva ao Olé

Defederico fala de novela, Neymar, mágoa com o Vélez e de sua relação com Ronaldo e Roberto Carlos. Fala também de sua vontade de sair do Corinthians e jogar para Angel Cappa.

Você pode falar agora?

Sim, a novela da Rede Globo começa dentro de uma hora mais ou menos.

Você atua nela? Ou assiste porque é obrigado?

Eu vejo por causa da minha namorada (risos). Como para todas as brasileiras, pra ela a novela é mais importante do que o futebol.

Que bom você namorar uma brasileira antes da Copa do Mundo!

Sempre nos provocamos com isso. Mas acredito que quando o Brasil não joga, Priscila quer que ganhe a Argentina.

Maradona ou Pelé?

Eu digo Maradona. E ela admira o Roberto Carlos.

E Messi compete com quem agora?

Com ninguém. O melhor do momento é o Neymar do Santos, um craque. Tem 18 anos, pesa 65 quilos e joga muito. Mas não alcançará a Messi nunca.

É verdade que você voltará ao nosso país (Argentina)?

E… agora eu estou um pouco triste porque não jogo o que quero. Na quarta-feira fiquei fora do banco de reservas. Não cumpri com as expectativas que eu tive ao chegar.

O que aconteceu?

O Corinthians contratou muitos jogadores de nome e isso pesou pra que eu ficasse de lado. Minha idéia é jogar, aqui ou em qualquer lugar.

No River?

Onde for, porque não vai depender só de mim. O Corinthians pagou muito por mim.

O fato de Angel Cappa ter pedido sua contratação pode influenciar na decisão final?

Com certeza. Ele vai fazer de tudo pra me contratar.

E você?

Também. Eu devo muito a ele. Gostaria muito de voltar a jogar com ele, brigar por um título e ganhar. E que dessa vez não tirem a ilusão das minhas mãos.

Nota: quando Angel Cappa e Defederico atuavam no Huracán, eles jogaram a partida decisiva do Clausura contra o Vélez. O Huracán era campeão até os 45 minutos do segundo tempo, mas sofreu um gol irregular e perdeu o título.

Você sabe que hoje o River joga contra o Vélez?

Sim. Não vou mentir, quero que Cappa vença o Vélez. Outro dia, quando perderam para o Chivas, me alegrei porque nesse lugar nós deveriamos estar. Olha, não tenho nada contra os jogadores. Quem se equivocou foi outro. Bah, o passado…

Quando você acertou as diferenças com Cappa?

Nunca deixamos de nos falar. Ao contrário, a relação seguiu via email e MSN. Se a primeira coisa que pediu foi “tragam Defederico” significa que entre nós só existe admiração.

Não o incomodou que você tenha ido do Huracán?

Ele me disse que o Corinthians não era o melhor pra mim, que esperasse um pouco. Ele não estava errado. Agora terei que voltar a Argentina para depois ir jogar na Europa.

Você sabe porque ele te quer tanto na equipe?

E…

Você não joga na mesma posição do Buonanotte?

Somos parecidos mas isso não quer dizer que não podemos jogar juntos. Aconteceu a mesma coisa com Pastore…

Se pode reeditar o Tiki Tiki? (Tiki Tiki é o estilo de jogo preferido de Cappa, com toques rápidos e envolventes)

No Huracán, lamentavelmente, será difícil. Mas acredito que o River escolheu um bom caminho. Cappa é o melhor que poderia acontecer a River pra voltar a ser River.

Em quanto o treinador pode influenciar para a mudança?

Em muito. O treinador pode saber pouco ou muito de tática, mas nenhum mexe com o emocional como Cappa. Sem dúvidas, qualquer jogador atua melhor ao seu lado.

Mas o River está numa situação muito difícil…

Sim, como esteve Huracán antes dele assumir. Ninguém dava nada por nós, e no final acabamos conseguindo algo incrível.

Você faz a melhor propaganda de Cappa…

Mas ele merece. Tenho certeza que irá bem.

Te entusiasma?

Sim. Tenho dois amigos que são fanáticos pelo River e me dizem pra ir jogar lá. Também gostaria de jogar ao lado do Burro (Ortega). É um craque. Joga da maneira que Cappa gosta.

No Brasil se joga assim?

Não. Nenhum time do Brasil joga o que jogou Huracán. O que mais se aproxima é o Santos mas só as vezes. Aqui a prioridade é correr, marcar e pressionar.

O que? E onde foi parar o jogo bonito?

Eles trazem qualidade desde a infancia. Mas, ao contrário do que se diz, aqui se treina muito mais. Quase todos os dias treinamos em dois turnos.

É difícil imaginar Ronaldo fazendo musculação…

Todos gostam de treinar e estar no clube. Ele e Roberto Carlos são dois figuraças. Não deixam de me surpreender…

Outro dia por exemplo, fizeram uma pegadinha comigo. Aqui eles não gostam de homens que usam coisas rosas. E o que aconteceu? Encontraram na minha bolsa um calção rosa e cortaram todo. Eles sabem até fazer franja(???), he!

Ronaldo, absolutamente lamentável

A atuação de Ronaldo hoje no Maracanã não pode receber outra descrição. Lento, o atacante mal conseguia dominar as bolas. Até que ele recebesse o passe, dominasse, pensasse e executasse, o Flamengo já tinha tomado a bola e já estava no ataque.

É uma pena ver um grande ídolo do futebol brasileiro nesse estado. Independente se ele está assim por problemas pessoais, a verdade é que nenhum torcedor brasileiro que vibrou com ele na seleção gostaria de ver um final de carreira tão lamentável.

Durante toda a carreira Ronaldo driblou as contusões, mas parece que para ele é impossível driblar a idade, o sobrepeso e a desconfiança da torcida e da mídia, não em sua condição física e sim em sua condição técnica. E essa é uma situação inédita para Ronaldo.

Nunca a capacidade técnica de Ronaldo foi questionada. Ele sempre foi uma unanimidade. Agora tudo mudou. Com Ronaldo em campo o Corinthians se torna um time lento, previsível, sem surpresas. As jogadas criaras pelos excelentes volantes de Mano Menezes não tem sequencia, porque o camisa 9 não consegue se movimentar. É claro que Mano não vai ter coragem de tirar ele do time, apesar de que o Corinthians melhorou muito com Iarlei e Souza em campo.

Será que Ronaldo vai ser capaz de superar tudo isso e dar mais uma volta por cima contra o Flamengo na próxima quarta-feira? Só o tempo dirá…

Confronto de peso!

Quem vai levar a melhor?

Dunga, não caia nessa

Já começou a campanha da mídia para que Ronaldo vá a seleção. Vários “jornalistas” esportivos pedem Ronaldo na seleção por que ele já provou que é craque, porque jogou bem no Paulista e etc.

A qualidade de Ronaldo é inquestionável. É craque, dos maiores da história. Fez duas Copas do Mundo perfeitas, é o maior artilheiro da história do Mundial, foi melhor do mundo três vezes, conquistou títulos por onde passou. Ninguém tem dúvidas que o fenômeno é realmente um fenômeno. Mas uma das grandes qualidades de Dunga a frente da seleção é que ele conseguiu montar uma equipe, um time e não um amontoado de jogadores como os outros treinadores da seleção canarinho fizeram.

Dunga convoca os questionadíssimos Gilberto Silva e Felipe Mello e fazem os caras acertarem o meio da seleção. Convoca Elano, que joga num time do segundo escalão da Europa e ele arrebenta com a amarelinha. Convoca um Luisão esquecido pra mídia brasileira e o zagueirão come a bola contra a Argentina. Todos esses são craques? Não. Mas dentro do esquema da seleção, dentro do que pensam Dunga e Jorginho eles se encaixam como luvas.

Ronaldo não cabe nessa seleção. Seria injusto com Adriano, Luis Fabiano, Robinho e Nilmar, que foram convocados regularmente nessa era Dunga. Exemplos de que isso não dá certo temos aos montes.

Em 2005 o Brasil passeou na Copa das Confederações. Apesar de ter passado com certa dificuldade pela fase de classificação, sobrou na fase final. Passou bem pela Alemanha e destruiu a Argentina na final com uma goleada histórica e um show de bola. O quadrado com Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Robinho e Adriano funcionou perfeitamente porque as qualidades desses jogadores se completavam. Parreira na Copa tirou Robinho e colocou Ronaldo, jogando com dois atacantes enfiados como duas torres gêmeas. O resultado todos nós lembramos.

Por isso, não caia nessa Dunga. O que você pensou está dando muito certo até agora. Não vale a pena jogar tudo no lixo pra fazer os caprichos dessa mesma imprensa que tanto te criticou nos momentos difíceis.

E o Madson pagou o pato…

Pra quem acompanhou o Paulista desde o primeiro jogo, acho que era meio óbvio que o Madson foi o melhor jogador do campeonato. Desde que se firmou como titular no lugar do mediano Lúcio Flávio, o baixinho não perdeu mais a vaga e ainda por cima levou o Santos da 8ª posição a final.

Madson foi o diferencial do time santista e foi o jogador que mais se destacou no campeonato pelo seu futebol e não por ser um atleta internacionalmente conhecido. Ronaldo jogou muito? Claro, mas na fase final. No primeiro jogo contra o SPFC não jogou bem. No segundo jogo contra o Santos, não jogou bem. Fez a diferença em dois dos quatro jogos e pra mim é muito pouco pra ser escolhido o melhor do torneio.

No fim das contas, o nome falou mais alto e já era de se esperar. Mas que foi uma grande injustiça, isso foi. Outro que jogou muito mais que o fenomeno e poderia ter ganho o prêmio foi o volante Elias. Arrebentou com o campeonato, segundo o próprio Ronaldo, inclusive. Pra mim, Elias é melhor que o Marcos Senna, que é titular da seleção espanhola, campeã da Eurocopa e que vem dando show nas eliminatórias pra Copa de 2010.

Mas em fim, a eleição não foi nenhuma surpresa pra ninguém. Parabéns aos vencedores e bola pra frente.

Categorias:Brasil Tags:, , ,

Vem bomba por aí

Um jornalista italiano está em SP a vários dias colhendo informações e acompanhando o dia-dia de Ronaldo. Ele transformará tudo isso em uma matéria especial sobre Ronaldo.

O problema é o teor da publicação. O tal jornalista tirou fotos dos estádios em que Ronaldo jogou até aqui como em Itumbiara, em Presidente Prudente e do CT do Parque Ecológico e deve fazer uma matéria comparando a estrutura que Ronaldo tinha a disposição na Europa e a estrutura que Ronaldo tem hoje no Brasil.

CT do Parque Ecológico

CT do Parque Ecológico


Ou seja, coisa boa não será. É absurdamente incomparável os estádios brasileiros com os estádios mais simples da Europa. Isso sem falar dos Centros de Treinamento. Pra quem está acostumado com Milanello e Ciudad Real Madrid, 99% dos CTs brasileiros vão parecer várzea.
Milanello

Milanello


Vem coisa ruim por aí. Podem esperar.