Início > Brasil, Copa do mundo, Europa > Revolucionários do Futebol

Revolucionários do Futebol

Existem homens que mudaram os rumos do futebol com sua técnica, tática e mesmo com suas derrotas. Vamos lembrar alguns desses caras e seus grandes feitos para o futebol.

Bella Guttmann e o 4-2-4

O treinador húngaro é tido como o criado do sistema que encantou o mundo na década de 50. Este esquema fez da Hungria uma grande força do futebol mundial, mas não conseguiu levar a seleção ao título mundial. O sistema foi adaptado por Vicente Feola ao futebol brasileiro e levou a seleção a conquista do bi-campeonato mundial em 58 e 62.

Friedenreich e os dribles

Ele foi o principal jogador do futebol brasileiro nos anos 30 e revolucionou o futebol por causa de sua movimentação. El Tigre dava dribles desconcertantes, principalmente dribles de corpo, algo que não acontecia na sua época. Ele é tão fera que uma das musicas sobre futebol mais conhecidas (vai começar o futebol, com muita garra e emoção, são onze de cá, onze de lá e o bate-bola no meu coração) foi feita pra ele.

Jack Reynolds e o carrossel holandês

O treinador holandês foi o criador do futebol total, esquema de jogo em que quase todos os jogadores não tinham posição fixa e atacavam e defendiam. Ele foi treinador do Ajax por 33 anos e comandou Rinus Michels, que depois de parar de jogar se tornou treinador e implementou o esquema tanto no Ajax super campeão da década de 70 quanto na seleção holandesa, duas vezes vice-campeã mundial e campeã da Euro 88.

Beckenbauer, o melhor líbero da história

O Kaiser alemão se eternizou no futebol jogando como líbero da seleção alemã campeã do mundo em 1974. A idéia inicial era que o Líbero fosse o zagueiro com tecnica refinada e que ficaria na sobra pra sair jogando com qualidade. Beckembauer fazia essa função com extrema maestria e com sua visão de jogo comandava o time. Bem, hoje em dia a função de líbero ficou banalizada, mas Beckenbauer ficou marcado como o pioneiro e melhor líbero da história.

Claudio Coutinho e a “Europeização” do futebol brasileiro


Claudio Coutinho foi preparador físico da seleção de 70 e depois disso trabalhou no futebol francês. Foi escolhido para comandar a seleção brasileira na copa de 78 e trouxe os esquemas táticos usados na Europa para a seleção do Brasil. Aquela seleção não conseguiu encantar e não conseguiu o título (apesar de não ter chegado a final graças a maracutaia argentina e peruana) mas deixou como herança várias coisas que não eram tão usadas como o 1-2, a polivalência e obediência tática. Após a Copa, Coutinho assumiu o Flamengo e deu a volta por cima, montando o fantástico time que ganhou tudo do fim dos anos 70 ao início dos 90. Até hoje muita gente garante que o grande responsável pelas vitórias do rubro-negro naquele período é Coutinho, ao misturar seus grandes conhecimentos táticos a qualidade individual do grupo.

Nilton Santos, o primeiro lateral ofensivo da história do futebol


Nos anos 40 e 50, como já dito anteriormente, o esquema 4-2-4 revolucionou o futebol, mas os laterais eram meros defensores. Isso até surgir Nilton Santos. O lateral esquedo do Botafogo foi o primeiro lateral a arriscar subidas ao ataque e fazia isso com extrema eficiencia, inclusive fazendo gol em copa do mundo. Contra a Áustria em 58, Nilton Santos driblou o time adversário inteiro e fez um gol magnífico. Cada drible que Nilton dava era um palavrão de Feola no banco, mandando o lateral tocar a bola e recuar a sua posição original. Mas após o gol o folclórico treinador do Brasil se acalmou e sentou no banco.

Jose Luis Chilavert, o goleiro que batia faltas


Chilavert sempre gostou de se aventurar no ataque pra bater faltas. Apesar de não ter marcado gols nos primeiros clubes de sua carreira, começou a se aventurar no ataque no Vélez e não parou mais. Ele foi o primeiro goleiro a fazer um gol de falta no mundo e marcou 62 gols no total, inclusive pela seleção do Paraguai, algo inédito até hoje.

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: