Início > São Paulo > Pacaembú – A segunda casa tricolor

Pacaembú – A segunda casa tricolor

Em 27 de Abril de 1940, foi inaugurado o Estádio Municipal de São Paulo, que foi rebatizado em 1961 com o nome de Paulo Machado de Carvalho, homenagem ao Ex-Presidente do SPFC, e conhecido como “Marechal da Vitória” por chefiar a delegação Brasileira nas copas do mundo de 1958 e 1962.

A primeira partida do estádio foi Palestra Itália 6 x 2 Coritiba, em 28 de abril de 1940. Em sua inauguração do estádio, o Pacaembu era o maior e mais moderno estádio da América do Sul, era o maior centro de lazer da cidade, e destinava-se a jogos esportivos, e apresentações culturais.
Graças a sua “concha acústica” hoje substituída pelo tobogã.

Hoje o estádio do Pacaembu tem o seu nome ligado ao Corinthians, mas nos anos 40 o Pacaembu era a casa Tricolor. O 1º título em competições oficiais quem ganhou foi o Tricolor foi o torneio início de 1940, onde o SPFC bateu, Palmeiras (2×0), São Paulo Railway (1×0) e o Corinthians na final no dia 19 de maio de 1940 por 2×0.
Na década de 40 o Pacaembu abrigou o grande SPFC comandado por Leônidas nas conquistas dos campeonatos paulista de 1943 (Palmeiras vice), 1945 (Corinthians vice), 1946 (Corinthians vice), 1948 (Santos vice), 1949 (Palmeiras vice). Nos anos 50 o SPFC continuou a ganhar seus títulos no Pacaembu, foi campeão em 1953 e 1957.

Pertence ao SPFC também o Recorde de publico do estádio, na estréia do Leônidas da Silva 71281 pagantes, a maior goleada do estádio também foi tricolor 12 x 1 contra o Jabaquara em 1945.

Contra o Corinthians em jogos no estádio do Pacaembu a vantagem é tricolor, 125 jogos, 49 vitórias do SPFC, 45 derrotas e 33 empates.
O SPFC também aplicou a maior goleada já sofrida no estádio pelo Corinthians: 5×1, em 2005.

Fonte: Arquivo Tricolor

Créditos: Régis Romualdo

Fonte: SPFCpédia

O São Paulo Futebol Clube recebeu o título de “O Mais Querido” durante o período da ditadura Vargas, no qual eram proibidas as ostentações das bandeiras estaduais. Na ocasião da inauguração do Estádio do Pacaembu em 27 de abril de 1940, o Tricolor Paulista entrou ostentando o nome e as cores do time que são as mesmas do estado de São Paulo. O estádio inteiro e os locutores de todas as rádios, revoltados com a censura, driblaram-na aplaudindo de pé o time que carrega até hoje as cores vermelho, preto e branco.

No dia seguinte, o jornal A Gazeta Esportiva estampava em sua capa a manchete “O Clube Mais Querido da Cidade”. Passado mais um tempo, o DEIP — Departamento Estadual de Imprensa e Propaganda — promoveu um concurso público entre torcedores de todas as agremiações da época. Com Corinthians e Palestra Itália sendo favoritos — pois possuíam as maiores torcidas —, o vencedor acabou sendo o São Paulo com 5 523 votos, mais que a soma de votos dos seus dois principais concorrentes. Até hoje o slogan “O Mais Querido” figura entre os impressos de correspondência do clube.

Fonte: Wikipedia

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: