Archive

Archive for setembro \29\UTC 2009

Como seriam os craques de ontem no futebol de hoje?

O futebol e o mundo de hoje está cheio de pseudochatos, paladinos da justiça, da moral e dos bons costumes, que não bebem nem socialmente, não toleram quem gosta de fumar e se brincar, não transam, só fazem amor. Fazendo um exercício de imaginação, pensei como seria o futebol de hoje se os craques de antigamente atuassem, ou se as “regras” de hoje estivessem em vigor no passado. Segue abaixo algumas notícias fictícias envolvendo isso.

Real Madrid afasta Puskas

O Real Madrid decidiu afastar Ferenc Puskás por tempo indeterminado. Segundo o treinador do time merengue, Puskas está fora de forma e precisa se adequar ao IMC indicado pelos preparadores físicos do clube para voltar a jogar.

Segundo notícias de bastidores, o afastamento do jogador foi uma exigência do fornecedor de material esportivo do clube, já que não fica bem um atleta estar acima do peso. Mesmo estando 7 quilos acima do peso ideal. Puskas é artilheiro do time no campeonato.

Obs: Puskas sempre jogou acima do peso. Aliás, ele era bem gordinho. Mais que o Cabañas.

STJD suspende Pelé por 540 dias

O STJD suspendeu o camisa 10 da seleção por causa da cotovelada que Pelé desferiu no defensor uruguaio durante as semi-finais da Copa de 1970. Pelé está fora da final contra a Itália no proximo domingo.

“O Brasil sempre foi conhecido pelo futebol arte e é inadmissível um jogador atuar da forma violenta com que esse rapaz atuou. Não importa se ele é bi-campeão mundial. A regra vale para todos” – declarou o promotor da Justiça Desportiva.

Dessa forma o Brasil perde seu maior trunfo para a final contra a Itália. Provavelmente, Paulo Cesar Caju entrará no time.

Update: a CBD conseguiu um efeito suspensivo. Pelé foi suspenso apenas por 3 jogos a serem cumpridos no Santos e terá de doar 100 cestas básicas.

Obs: durante o jogo Brasil e Uruguai na Copa de 70, Pelé desferiu uma violenta cotovelada no zagueiro que o perseguiu durante todo o jogo. O juiz não viu.

Torcedores do Botafogo hostilizam Garrincha

Um grupo de torcedores do Botafogo, ligados a ONG “Alcoolismo não” protestaram em frente a sede da Estrela Solitária e pediram o imediato desligamento de Mané Garrincha do elenco do clube. O protesto aconteceu por que Garrincha tem problemas com a bebida, apesar que isso não tem o atrapalhado dentro de campo.

“É uma vergonha para um clube do tamanho do Botafogo ter um bêbado entre seus jogadores. Isso é um péssimo exemplo pras crianças que tem o jogador como um ídolo. Ou ele se cura da doença, ou nós vamos enviar um pedido ao conselho deliberativo do clube para que o contrato do atleta seja rescindido o mais rápido possível” – disse o presidente da Organização, Paulo Imbecil.

Fontes de dentro do Botafogo garantem que, apesar de Mané ser um craque, há uma forte resistência ao seu nome nos bastidores, pois o time já perdeu inúmeros contratos de patrocínio por causa dos escandalos em que Mané se envolve. Muitos dirigentes também reclamam do excesso de “firulas” do jogador e dizem que Garrincha tira a velocidade do ataque do Glorioso.

A situação de Garrincha, mais pelo que acontece fora do que dentro de campo, é muito complicada. O Corinthians já se mostrou interessado em contar com o atleta.

Ademir da Guia é dispensado do Palmeiras

O treinador Muricy Ramalho pediu a diretoria do Palmeiras que não renovasse o contrato de Ademir da Guia para a próxima temporada. O treinador deu uma entrevista coletiva explicando melhor sua opção.

“Eu gosto de jogador polivalente, que sabe atacar e defender. Infelizmente essa não é a característica do Ademir. Pela posição que ele joga, ele deveria armar o time e ajudar a marcação no meio campo mas ele não consegue e acaba ficando um buraco no meio. Futebol é igual basquete. O armador arruma o time e volta pra ajudar”

Ademir se mostrou muito triste e não quis gravar entrevistas, mas disse que aceita a decisão do treinador. Seu destino deve ser o SPFC.

Frase do dia

“Não gosto de mudanças. Uma prova de que eu banco Maradona? Estou casado com a mesma mulher a 53 anos”

Julio Grondona, presidente da AFA, dando suporte a Diego Armando Maradona no comando da seleção argentina

Treinadores de Racing e Independiente trocam farpas pela imprensa

Pelo menos fora de campo, o clássico de Avellaneda não acabou. Américo Gallego e Caruso Lombardi, treinadores de Independiente e Racing seguem trocando mísseis pela imprensa, que com certeza adora.

Assim que o jogo terminou, Gallego começou a apontar para a torcida do Racing e falando palavrões impublicáveis comemorava a vitória. Na coletiva disse que Caruso declarou que o Racing ia vencer, que o treinador adversário não era qualificado para dirigir um time de primeira divisão e etc. Disse que quando os jogadores do Racing se deparam com a camiseta vermelha, tremem de medo.

Hoje Caruso respondeu no mesmo tom. Disse que acredita que Gallego está totalmente errado ao falar essas coisas e que não falou nada dele pra que receba ataques pesados como vem recebendo.

A rivalidade lá é muito grande e o pau quebra mesmo. Mas as declarações de Américo Gallego foram pesadas. Se por um lado isso é melhor do que as respostas padrão de hoje em dia, pode ser perigoso. Torcedor é passional e qualquer faísca causa uma enorme explosão.

Por sorte, tudo aconteceu depois da partida.

Jogo de Palavras [2]

“Eles são tão organizados, mas ninguém fala que eles já pegaram a cota antecipada da televisão do ano que vem. Nós já estamos na Libertadores do ano que vem. Eles é que têm de correr atrás de nós”

André Sanches, presidente do Corinthians, falando sobre o São Paulo

“Estranho essas declarações. Ao contrário do que ele disse, nossa situação financeira é muito boa há alguns anos. Fechamos todos os anos com superávit. Acho que essa complicação financeira ele deve conhecer muito bem. Tudo se encaminha para disputarmos a nossa sétima Libertadores seguida. Não fazemos festa quando garantimos presença e nem pintamos ônibus. Além do mais, vamos a Libertadores por ganharmos torneios de primeira grandeza e não campeonato no qual os principais times não participam

João Paulo de Jesus Lopes, cartola do São Paulo, respondendo Andres Sanches

Toda vez que São Paulo e Corinthians jogam é a mesma coisa. O Andres fala, fala, fala, fala mais um pouco e fala de novo. Acho que ele tem um amor reprimido pelo São Paulo. Nem do Palmeiras ele fala tanto. Engraçado é que nos bastidores, São Paulo e Corinthians trabalham unidos. Só se desentenderam na questão da carga de ingressos. Como eu disse aqui há seis meses, Andres joga pra torcida. E a Fiel compra as gracinhas dele.

Que fase! River sofre empate no final depois de estar vencendo por 2 a 0

Parecia que hoje, tudo daria certo. Com um time jovem e veloz em campo, o River começou muito bem a partida contra o Gimnasia no Monumental. Villalva fez 1 a 0, após jogada de Buonanotte no fim do primeiro tempo e o próprio camisa 30 fez 2 a 0 no início da segunda etapa.

Bem, como eu disse, parecia que tudo daria certo. Parecia… Aos 28 minutos da etapa final, Ormeño soltou a bomba de fora da área e o goleirão do River deu uma forcinha para o gol do time de La Plata.

A partir desse momento o Gimnasia passou a pressionar e o River se segurava como podia. Mas aos 42 minutos, veio o castigo. Juan Cuevas saiu do banco para marcar um lindo gol e impor um empate com sabor amargo para os garotos de Gorosito, que jogaram com muita raça e mostraram que eles sim podem tirar o River dessa situação.

De Federico não joga de meia armador

Hoje, na estréia de De Federico no empate contra o São Paulo por 1 a 1, o treinador Mano Menezes colocou o camisa 10 pra jogar como um meia armador, mais ou menos o que fazia o Douglas. Mas essa não é a posição dele. Tanto é que foi muito discreto durante a partida. De Federico joga na posição do Dentinho, caindo pelos lados do campo, partindo pra cima do adversário.

Foi assim que ele se destacou no Huracán e chegou a seleção argentina. Ele é muito rápido e habilidoso mas não tem no passe sua principal característica. De duas, uma. Ou ele se adapta a essa posição nova ou não vai render e vai disputar posição com Dentinho e Jorge Henrique, o que é difícil no esquema de Mano Menezes, já que os dois voltam pra marcar e o argentino não tem essa característica.

Categorias:Brasil Tags:,

Independiente não dá sopa pro azar e vence o Clássico de Avellaneda

O Independiente foi ao Cilindro de Avellaneda como franco favorito para o clássico contra o Racing Club e não deu sopa pro azar. Fez um primeiro tempo fantástico e venceu a partida por 2 a 1. Gandín, aos 2 e aos 29, de penalti, fez os gols do Rojo. O Racing descontou no segundo tempo com Ledesma.

O Independiente prova que vai brigar na parte de cima da tabela e mostra força ao vencer o clássico na casa do adversário. O time passou por uma grande reformulação no meio do ano e perdeu seu principal nome, El Rorfi Montenegro, para o futebol mexicano. Mesmo assim a equipe conseguiu se achar e já está dando trabalho.

Já o Racing segue sua sina de lutar contra o rebaixamento. Não venceu nenhuma partida esse ano ainda e dificilmente seu treinador vai permanecer depois dessa derrota. O time tem muita força de vontade, mas falta qualidade.

A parte da situação das duas equipes, o jogo foi ótimo. Muita correria, muitas oportunidades de gol e as torcidas não pararam um segundo. Aliás, 10% pra torcida do Independiente. E ninguém chorou.

A sequencia do campeonato vai ser muito interessante. O Velez, que venceu o Huracán por 2 a 0 com direito a gol de bicicleta, está jogando muito bem. O Estudiantes dispensa comentários e o San Lorenzo, com a contratação de Romagnoli e a presença da molecada da base parece muito a fim de disputar o título.