Archive

Archive for abril \10\UTC 2009

Isso é que é vitória!

Isso aqui é Libertadores! Dificuldade, briga, retranca, sangue nos olhos, luta! Não me canso de valorizar esse tipo de vitórias do tricolor.

Isso deixa o time cascudo. Faz os jogadores aprenderem a jogar diante das dificuldades. E o Borges mais uma vez foi sensacional! É o cara pra levar o tricolor a conquista da América. Matador, com estrela e acima de tudo humilde.

Mais uma vez vencemos na garra, na raça e na emoção!

Mimado demais!

“Eu fiz isso por que realmente eu não tava feliz em Milão. Eu estava me sentindo pressionado por todos”

Adriano, agora imagina o pai de família que tem que sustentar uma familia com 500 reais? Isso é que é pressão!

Muito mimadinho você. Não quer pressão, vira monge.

Categorias:Brasil, Europa Tags:

Grande Porto!

O Porto conseguiu um excelente resultado contra o Manchester hoje. O empate de 2 a 2 dá ao time português a vantagem do empate sem gols no jogo de volta em Portugal.

A diferença de qualidade dos dois times é indiscutível. Mas o Porto sabe jogar a UCL. É cascudo, joga com o regulamento embaixo do braço e foi assim que foi campeão em 2004. Saiu copando todo mundo (inclusive o Manchester) e foi campeão com Deco como destaque e com Carlos Alberto fazendo gol na final. Aliás, a última vez que Carlos Alberto jogou futebol.

O Manchester é um dos melhores times do mundo hoje e não se pode duvidar que eles podem vencer o jogo em Portugal. Mas que agora ficou difícil, isso ficou!

E o Adebayor hein? Sem comentários! Que fase!

Carlitos Tevez diz que quer permanecer no Manchester

Em entrevista concedida ao Jornal The Sun na ultima sexta-feira dia 03 de Abril, Carlitos Tevez colocou mais um pouco de pimenta na sua conturbada situação.

“Eu quero permanecer no Manchester”, disse o ex-jogador do Boca e do Corinthians.

“Meu empréstimo acaba em Junho, mas eu não posso pensar em qualquer outra equipe que não seja o Manchester. Meus pensamentos estão apenas em ganhar títulos pelo United e por isso eu espero estar aqui na próxima temporada. Eu não quero jogar em qualquer outra equipe. Eu sempre segui meu coração e ele está me dizendo que será impossível pra mim deixar o futebol inglês.”

Sobre sua relação com a torcida, Tevez disse que se dá muito bem com os fãs dos Red Devils.

“Na Argentina me chama de ‘o jogador do povo’ e acredito que os torcedores viram essa característica em mim. E eu gosto disso. Minha relação com a torcida é muito importante pra mim como pessoa. Jogadores sem torcida são nada e meu trabalho é torná-los felizes.”

Essa entrevista de Carlitos praticamente sepulta as esperanças da Internazionale e do Real Madrid em contratar o jogador, já que nesses casos a vontade do jogador conta muito.

E se a torcida do Corinthians tinha alguma esperança em contar com Carlitos num futuro próximo, parece que elas vão se dissipando. Tevez deve mesmo, continuar em Old Trafford.

Jogos dessa semana podem ser decisivos pela Libertadores

Essa semana pode ser decisiva pra muitos clubes pela Libertadores.

O Grêmio enfrenta o Aurora em casa e tem tudo pra vencer e se classificar. O time gaúcho é o líder do grupo 7 com 7 pontos e o Aurora é o lanterna sem pontos conquistados.

Já o Nacional do Paraguai recebe o Universidad de San Martin e precisa desesperadamente vencer para manter chances de classificação. Em caso de derrota, o Nacional estará eliminado e o San Martin com um pé nas oitavas.

No outro jogo deste mesmo grupo, River Plate e Nacional do Uruguai duelam em Buenos Aires. Esse jogo definirá o futuro do River na competição. Os Millionários tem 3 pontos e se perderem estarão praticamente desclassificados, ainda mais se o San Martin vencer o Nacional do Paraguai. Já o tradicional clube uruguaio depende apenas de mais uma vitória no grupo para sacramentar sua classificação.

Nesta Quarta-Feira, Universidad de Chile e Boyacá Chicó farão outro jogo muito importante. Os dois times estão no grupo do Grêmio e provavelmente brigarão pela segunda vaga do grupo. Os chilenos tem 4 pontos e os bolivianos tem 6 pontos.

Na Quinta-Feira, os brasileiros entram em campo pra decidirem suas vidas. No jogo mais esperado da semana, pelo menos para os brasucas, o Sport recebe o Palmeiras na Ilha do Retiro. Caso o clube pernambucano vença, elimina o clube paulista do torneio e também fica muito próximo a vaga.

Já o São Paulo recebe o Defensor Sporting no Morumbi pela 4ª rodada desse grupo 4. Em caso de vitória o SPFC praticamente sacramenta sua classificação. Já o Defensor joga por pelo menos um empate, mas deve ser o outro classificado do grupo, já que os colombianos parecem decididos a morrer abraçados.

E por fim, o Boca recebe o lanterna Guaraní em La Bombonera e não deve ter dificuldades para vencer e também garantir sua classificação as oitavas. Boca aliás que vive uma fase ruim, mas mesmo na pior fase de sua história, o Boca venceria fácil esse time do Guaraní, que consegue ser pior que o Guarani de Campinas.

Vale a pena conferir essa semana excepcional de Libertadores!

O exemplo do Rubio Ñu


O Club Rubio Ñu foi fundado em 1917 em Asunción no Paraguai. Subiu pela primeira vez a divisão principal do futebol paraguaio em 1927 e caiu logo na estréia.

Subiu de novo em 1964 e permaneceu até 1971 quando caiu, mas voltou em 73 e permaneceu na primeira divisão até 1980, mas sempre flertando com o rebaixamento. Até que caiu em 80 pra não voltar mais.

Depois disso, o Rubio Ñu caiu pra terceira divisão. Mas em 2005, a sorte do time começou a mudar.

O ex-zagueiro Gamarra, o ex-lateral Arce e os ex-goleiro da seleção paraguaia Ruben Diaz assumiram o controle do time e iniciaram ali um projeto pra transformar o time Albiverde em grande. Gamarra é o homem forte do futebol do clube, Arce é o treinador e Ruben Diaz é o presidente.

Ao contrário dos outros times que tentam fazer contratações estratosféricas, o Rubio Ñu passou a fazer um trabalho de base e formação. O time investiu na estrutura e passou a formar atletas. O resultado veio rápido. Em 2005 o time venceu a terceira divisão paraguaia.

Em 2006 e 2007, segundo o próprio Arce, o time se preparou para chegar forte a primeira divisão, o que se concretizou em 2008. O time subiu como campeão da segunda divisão. Mais rápido do que esperava Arce, é verdade.

“Esta é a primeira de muitas páginas que esperamos escrever neste clube que tem uma grande torcida”, disse Arce após a ascenção a primeira divisão.

Já o Presidente Ruben Diaz disse: “Temos que ter força, tranquilidade e equilíbrio emocional para seguir crescendo. Isso está só começando.”

Claro, todos pensam que isso é um discurso normal para um clube que acaba de subir a primeira divisão.

Pois começa o ano de 2009 e quem busca a ponta do campeonato? Quem é o único clube que ganhou de todos os grandes? Quem é o vice líder do campeonato? Eles! O Rubio Ñu! Escandalosamente mais organizado que os outros 10 times do campeonato (exceto o Libertad), o time via em busca do título e de uma vaga na Libertadores.

Alguém duvida desses multi campeões?

Celso Roth demitido. Bom pra ele, bom pro Grêmio

Não dava mais. A relação estava desgastada, a torcida insatisfeita e com certeza alguns jogadores do elenco também.

A demissão de Celso Roth fará bem pra todo mundo. Pra ele, será um peso tirado das costas e a certeza de que não fez um trabalho de todo ruim. Ao Grêmio, a chance de contratar um treinador mais ousado, mais atrevido. Aos jogadores, a certeza de que novos ares vão soprar sobre o Olímpico.

Roth não é um treinador ruim. Parece ser um cara de boa índole, um bom caráter, um homem de palavra. Mas tem a incrível capacidade de perder na hora X. Naquele detalhe, naquele momento de fazer a diferença, naquela disparada final pra cruzar a linha de chegada em primeiro, parece que falta gás a Celso Roth e ele sucumbe perante as dificuldades.

É um cara que certamente ficará ainda muitos anos no futebol e que certamente conduzirá muitos times grandes. Certamente ainda conquistará títulos importantes. Mas precisa fazer esse algo mais pra chegar lá. Ou será sempre finalista e nunca campeão.

Categorias:Brasil Tags:,